O sítio do INA utiliza cookies para melhorar o seu desempenho e a sua utilização. Os cookies utilizados para as ações essenciais do sítio encontram-se definidas. Consulte a política de privacidade.

Eu aceito cookies.

  • Última actualização: 15 janeiro 2021

"Formações de elevadíssima qualidade”

apex 140 noticia"Cimentar conhecimentos e adquirir novos ativos profissionais", sem esquecer o papel do networking", são apontados por Ruben Ferreira como as principais vantagens do protocolo APEX.

Depois de alguns anos ausente da academia, o Técnico Superior da Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros explica que foi este protocolo que o levou a voltar a estudar. "O curso que estou a frequentar, neste momento, - o Programa Avançado em Empreendedorismo e Gestão da Inovação da Católica Lisbon School of Business & Economics - teve uma redução de 80% do respetivo valor."

Já Paulo Jorge Sequeira fez duas formações através do APEX: o Programa Avançado de Gestão de Recursos Humanos e o Programa TEAMS para Liderança de Equipas de Alto Desempenho. O Chefe da Divisão de Apoio Social do Instituto de Ação Social das Forças Armadas, do Ministério da Defesa Nacional, caracteriza a experiência como "incrível". "Foi a oportunidade de integrar formações de elevadíssima qualidade, com um corpo docente extremamente empenhado na co-construção de conhecimento, ao lado de colegas de diversos setores de atividade económica e de outros organismos da Administração Central e Local; foi o contributo que precisei de receber para efetivamente construir as bases para a minha progressão profissional."

Também Henrique Lopes, Técnico Superior no Instituto Português de Acreditação, conclui que as três formações que já realizou ao abrigo do protocolo APEX "permitiram a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de competências complementares", "muito relevantes" para a sua carreira profissional.

APEX com mais oferta na área do digital e do direito

Apesar da oferta de cursos que existe ser considerada "significativa e muito relevante", Ruben Ferreira acredita que "haverá algumas universidades que poderão alargar a sua oferta no âmbito do APEX". Paulo Jorge Sequeira diz mesmo que seria interessante ampliar a oferta a nível territorial e incluir mais formações em áreas "muito úteis para a transformação digital dos processos de gestão interna e comunicação com o cidadão", como Design Digital ou Gestão de Redes Sociais. Henrique Lopes acrescenta que seria importante haver mais investimento na oferta de cursos das áreas do Direito e da Gestão da Formação.

Conheça, na área do protocolo APEX, os mais de 130 cursos disponibilizados pelas 10 entidades que integram este acordo.

__
Pode subscrever aqui as nossas comunicações eletrónicas para receber informação atualizada.

2 de novembro 2020

                     botao PROJETOSFINANCIADOS2020                                             botao eventos2020                                             botao publicacoes2020                                             ina informa2020