O sítio do INA utiliza cookies para melhorar o seu desempenho e a sua utilização. Os cookies utilizados para as ações essenciais do sítio encontram-se definidas. Consulte a política de privacidade.

Eu aceito cookies.

                                                                                            Linkedin    facebook    Youtube

Protocolo pela qualificação

140X110 miniatura cNo dia 29 de novembro, o INA, I.P., e a Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL) assinaram um protocolo que vai financiar o novo Centro Qualifica AP para a Administração Local, no âmbito do PRR.

Com o reforço do Programa Qualifica AP será possível melhorar o nível de qualificação de 25.500 trabalhadores até 2026, destes metade deverão ser das autarquias. Este investimento na qualificação será possível através do Centro Qualifica AP criado na FEFAL, mas também através da criação de Centros Qualifica AP em cada uma das cinco Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional e com o reforço de equipas itinerantes do Centro Qualifica AP do INA, I.P..

"O objetivo é investir nas qualificações e competências que potenciem o desenvolvimento dos percursos profissionais dos trabalhadores, sempre enquadrados nas necessidades dos diferentes órgãos e serviços [...] O resultado esperado é uma Administração Pública mais capaz", referiu a Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública. Alexandra Leitão lembrou que o aumento das qualificações dos trabalhadores do Estado "é uma bandeira deste Governo", tendo aliás estado na base da decisão de devolver ao INA o estatuto de Instituto Público para "liderar a estratégia de capacitação individual e organizacional da administração pública".

A Presidente da Comissão Instaladora do INA, I.P., Luísa Neto, destacou o facto de este protocolo ser uma forma de realizar articulação com o poder local democrático bem como um claro investimento na "qualificação dos Recursos Humanos para uma melhor Administração Pública Autárquica"

A cerimónia contou também com a presença do Secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho, e com as intervenções do presidente da FEFAL, João Pais de Moura, e do presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP), Manuel Machado, que destacaram a importância e o papel deste protocolo na qualificação dos trabalhadores do poder local, capacitando-os para darem resposta aos desafios emergentes.

foto1 c foto2 c foto3 c

_

Pode subscrever aqui as nossas comunicações eletrónicas para receber informação atualizada.

30 de novembro de 2021