O sítio do INA utiliza cookies para melhorar o seu desempenho e a sua utilização. Os cookies utilizados para as ações essenciais do sítio encontram-se definidas. Consulte a política de privacidade.

Eu aceito cookies.

                                                                                            Linkedin    facebook    Youtube

O presente e o futuro da formação

INA NOTICIA 20210531

Por ocasião do 42.º aniversário do INA, a Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, lembrou o papel do INA centrado na qualificação e na formação dos trabalhadores dos serviços públicos.

No âmbito da conferência virtual intitulada "O Passado e o Futuro da Formação na Administração Pública - o Papel do INA", que se realizou hoje, dia 31 de maio, a ministra referiu que "o INA tem sido sempre uma referência de enorme prestígio na formação da Administração Pública portuguesa". Contudo, este ano é particularmente importante uma vez que o INA se encontra "num momento de viragem", nomeadamente devido à sua alteração orgânica, mas também porque será "chamado a executar uma parte muito importante do Plano de Recuperação e Resiliência".

Alexandra Leitão lembrou ainda que o INA conta agora com "novos meios", mas também com "novas responsabilidades", sendo essencial não esquecer que "não há serviços públicos de qualidade sem trabalhadores capacitados, qualificados e motivados".

O debate prosseguiu centrado no papel do INA na formação e nos desafios atuais e contou com a participação dos oradores Damasceno Dias, Subdiretor-Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira, e Rita Pinho Rodrigues, Diretora de Public Affairs e Media Relations da DECO Proteste, que partilharam a sua visão e experiência nesta área.

Damasceno Dias destacou o facto da aprendizagem ter mudado substancialmente, sobretudo devido às novas tecnologias e à alteração da mentalidade das pessoas; e Rita Pinho Rodrigues lembrou que o desafio da digitalização vai fazer parte do nosso futuro de forma muito vincada, assim como o nível de exigência das pessoas.

O encerramento da sessão esteve a cargo da Presidente da Comissão Instaladora do INA, I.P., Luísa Neto, que deixou uma palavra para o futuro das áreas da formação e da capacitação dos trabalhadores da AP, destacando a importância do estímulo da investigação e do diálogo com as instituições de Ensino Superior e o papel da identidade que faz a simbiose entre o legado do passado e a perspetiva de futuro. "A formação de pessoas sempre foi a missão histórica fundamental do INA."

O debate contou com a moderação de Leonor Martins, Diretora de Redação da Human Resources Portugal e com a interpretação para a língua gestual portuguesa por parte de Sofia Figueiredo do Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P..

Veja ou reveja a gravação deste webinar no YouTube do INA.

__
Pode subscrever aqui as nossas comunicações eletrónicas para receber informação atualizada.

31 de maio 2021